Inicio » Destaque » Morre a 2ª criança esfaqueada pelo pai

Morre a 2ª criança esfaqueada pelo pai

  • Redacção Farol
  • Publicado quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Uma criança de 7 anos de idade, supostamente esfaqueada pelo pai, há três dias, perdeu a vida ontem, Terça-feira, por não resistir aos golpes de que foi vítima. Saliente-se que uma outra, de 3 anos, teve morte imediata no dia em que os factos ocorreram.

A criança ainda lutou pela vida no hospital Geral de Benguela, para onde tinha sido levada tão logo ocorreu o incidente no bairro do Ndokota, em Benguela. O quadro clínico da criança inspirava cuidado, por causa dos hematomas na cabeça, fruto da agressão. O presumível autor já está à contas com a justiça, segundo o jornal OPAÍS.

Rezam os factos que o progenitor chegou à casa e, sem razões aparentes, terá começado a molestar duas das três crianças que se encontravam em casa. Testemunhas oculares não encontram justificações para aquilo que consideram de tamanha brutalidade a duas crianças indefesas, por sinal seus filhos. 

De acordo com o porta-voz do comando provincial da Polícia Nacional em Benguela, inspector-chefe Ernesto Chiwale, o suspeito já foi presente ao Ministério Público para ulteriores passos processuais.

Segundo o porta-voz Chiwale, a PN tomou conhecimento, por via de uma denúncia, da existência de um cadáver de uma criança no interior de uma residência, no bairro do bairro do Ndokota. Desta feita, os agentes fizeram-se ao local, de modo aferir a veracidade da informação posta à disposição. No local, confrontaram-se com aquela triste realidade.

“Demos conta de que tinha ocorrido uma situação reprovável. Um cidadão introduziu-se numa residência e encontrou por lá três crianças e  molestou duas, sendo uma de sete anos e a outra de 3”, explica.



Deixe o seu comentário!