Inicio » Atualidade » Manuela Sotto Mayor acusa Elisa Gaspar de desviar valores da OGE e das contas províncias

Manuela Sotto Mayor acusa Elisa Gaspar de desviar valores da OGE e das contas províncias

  • Farol Angola
  • Publicado sexta-feira, 27 de novembro de 2020

A presidente do Conselho Provincial de Luanda da Ordem dos Médicos de Angola (ORMED), Manuela Sotto Mayor, revela que os valores arrecadados com o pagamento das contas em todas as províncias são encaminhados para sede onde funcionava a bastonária da Ordem..

Num comunicado a que o Farol teve acesso,  Manuela Sotto Maior declara ser um facto que em todas as províncias o  dinheiro arrecadado com o pagamento das cotas fica com a “ORMED SEDE” incluindo os valores provenientes do Orçamento Geral do Estado (OGE).

Avançou ainda que a  ministra da saúde surpreendeu-se ao  receber o  pedido de patrocínio da região norte sobre a realização das suas atividades. Pedido este que  foi reenviado a bastonária Elisa Gaspar perguntando o porquê do pedido de patrocínio se a ORMED recebe o dinheiro do OGE.

A bastonária da ORDEM dos médicos, Elisa Gaspar, enquanto falava numa entrevista dada ontem pela televisão pública de Angola afirmou  que a ORMED tem um papel fundamental para a sociedade angolana e sobretudo é uma  organização que se pauta por princípio.

A bastónaria, sublinhou, que foi eleita democraticamente e somente está  a cumprir  com o seu mandato e que o maior  problema da ordem  dos médicos sempre foi “dinheiro”.

 “A ordem dos médicos está preocupado  com  a formação  de novos quadros  inclusive conseguiu parcerias para os médicos , como seguro de saúde  para os médicos, e está a trabalhar pelo bem-estar, união e coesão  da classe médica”, justificou.

Texto: Filomena Samuel e Valentina Pedro.



Deixe o seu comentário!