Inicio » Notícias » Mais de 100 crianças morrem de desnutrição no Bié

Mais de 100 crianças morrem de desnutrição no Bié

  • Redacção Farol
  • Publicado segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Cento e 44 crianças morreram no primeiro semestre deste ano, vítimas de desnutrição, em dez unidades sanitárias controladas na província do Bié, mais uma morte em relação a igual período anterior.

As mortes resultam de mil 939 novos casos que deram entrada nas unidades específicas da província do Bié, mais 640 em relação  a igual época passada.

Deste número, mais de mil e 700 crianças receberam alta por melhoria, sendo que os municípios do Cuito e Andulo lideram às estatísticas, de acordo a supervisora provincial do Programa de Nutrição do Bié, Edna Mendonça, em declarações à Angop.

Segundo disse as principais causas da doença são: o desmame precoce, a carência alimentar em algumas famílias e doenças prolongadas (malária, anemia, VIH/SIDA, tuberculose, diarreias e outras).

Em 2019 o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) doou mil e 481 caixas de leite terapêutico e outros produtos de combate a malnutrição às autoridades do Bié, visando minorar a situação.



  1. Somos uma organização da sociedade civil angolana, fundada a 14 de Abril de 2002, para construir uma sociedade mais justa, democrática, solidária, saudável e humana. Com Escritório Sede em Menongue, Cuando Cubango e Subsedes no Bié, Huambo, Huíla, Cunene, Namibe e Moxico. MBAKITA, tem como Missão: promoção da inclusão social e económica intervindo nos domínios de combate a Malária, VIH/Sida. TB, e outras endemias, acesso a Educação, fomento de segurança alimentar e gestão ambiental

    • Estamos interessados em fazer uma entrevista ao responsável da vossa organização, sobre as actividades que têm desenvolvido. Queiram, por favor, disponibilizar os vossos contactos?

Deixe o seu comentário!