Inicio » Destaque » Estudantes universitários prestam homenagem ao manifestante morto

Estudantes universitários prestam homenagem ao manifestante morto

  • Redacção Farol
  • Publicado segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Universitários pertencentes à Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto vestiram-se de preto, hoje, para prestarem homenagem ao jovem Inocêncio Matos, morto na última manifestação de 11 de Novembro. A Polícia fez-se presente e proibiu os jovens de entrarem nas instalações com esta pretensão.

Trajados de preto, os jovens estudantes prestaram a homenagem fora da instituição por não ser-lhes permitido, pela Polícia, entrar na universidade com este objectivo. A homenagem dos jovens surge pelo facto de a vítima mortal ter sido um estudante universitário, que seguia engenharia informático.

No campus universitário da UAN, os estudantes conseguiram prestar a homenagem dentro da instituição, onde os jovens para além de trajarem roupas pretas, levantaram cartazes reivindicando a acção da Polícia nas manifestações. A homenagem não aconteceu apenas nas Faculdades pertencentes à Universidade Agostinho Neto, como também nas universidades privadas, como foi possível ver nas fotos partilhadas nas redes sociais.  

Inocêncio exigia, nas ruas de Luanda, com centenas de outros jovens que se manifestaram no dia 11, melhores de condições de vida e a realização das primeiras eleições autárquicas.

Quem também prestou homenagem foram os estudantes da Universidade Jean Piaget de Angola e do Instituto Superior Politécnico Internacional de Angola (ISIA), na semana passada. Acto idêntico foi feito pelos estudantes da Universidade Católica de Angola.



Deixe o seu comentário!