Inicio » Notícias » Donald Trump deixa ultimato ao Irão

Donald Trump deixa ultimato ao Irão

  • Geraldo Gaspar
  • Publicado terça-feira, 15 de setembro de 2020

O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump, ameaçou hoje o Irão para uma possível retaliação, numa publicação feita na sua página Oficial do Twitter, “Qualquer ataque do Irão contra os Estados Unidos, será mil vezes mais que a magnitude”, escreveu o chefe da nação mais poderosa do mundo. A tensão […]

O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump, ameaçou hoje o Irão para uma possível retaliação, numa publicação feita na sua página Oficial do Twitter, “Qualquer ataque do Irão contra os Estados Unidos, será mil vezes mais que a magnitude”, escreveu o chefe da nação mais poderosa do mundo.

Donald Trump —–Presidente Norte Americano

A tensão entre os dois países renasceu quando na semana passada os Estados Unidos se aperceberam de um suposto plano de assassínio, contra a embaixadora norte americana creditada na África do Sul “Lana Marks”, segundo o Presidente Norte Americano, o plano seria como resposta a retaliação da morte do general Iraniano Qassem Soleimam bombardeado pelos Estados Unidos em janeiro último.

Donald Trump, justificou mais uma vez a decisão que esteve na base de matar Soleimam, defendendo a sua tese Trump que o General “planejava ataques contra os EUA, com finalidade de matar tropas Norte Americanas, além de Soleimam ser o responsável pelas mortes e sofrimento à muitos anos” Como comandante das tropas Iranianas Al Quds dos Guardas da Revolução.

A ofensiva feita pelos Estados Unidos contra o Irão, gerou muita tensão entre os dois países no início do ano e ate julho, na sequencia dos conflito, o secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irão, Ali Shamkhani, deixou fortes apelos à Washington, que Teerão faria vingança contra a morte do seu General.

Por sua vez o Governo Iraniano nega as acusações de planejar o assassínio do Embaixador Norte Americano, “trata-se das manobras do Governo de Trump para manchar a imagem do Irão pelo mundo.

Em resposta o Governo Sul Africano já reagiu as informações na segunda-feira, “Estamos a tratar do assunto com máxima atenção”, garantiu o Governo de Cyril Ramaphosa.

O Governo Johanesburgo tem boas relações com o Teerao, e garantem as autoridades Sul Africanas que tudo estão a fazer para salvaguardar as relações Diplomáticas entres os países.

Texto։   Geraldo Gaspar



Deixe o seu comentário!