Inicio » Destaque » Comboio de Luanda soma segunda vítima mortal

Comboio de Luanda soma segunda vítima mortal

  • Redacção Farol
  • Publicado sábado, 14 de novembro de 2020

Ontem, um cidadão de 41 anos, foi colhido pelo comboio do Caminho de Ferro de Luanda, após ter supostamente inobservado as medidas de segurança. O cidadão, que veio a falecer no hospital, é a segunda vítima mortal por colhimento registada neste ano, em Luanda.

A vítima, de 41 anos, tentava fazer a travessia no município do Cazenga, percurso Musseque-Viana, quando foi colhido pela locomotiva de passageiros do Caminhos de Ferro de Luanda (CFL). Ainda com vida, o cidadão, com ferimentos graves na cabeça e nos membros superiores, foi socorrido pelas forças Policiais no terreno, que accionaram o pronto socorro.

Embora tenha sido levado a uma unidade hospitalar, a vítima não resistiu aos ferimentos e acabou por falecer. De acordo com especialistas no local, houve, por parte da vítima, inobservância das medidas de segurança ferroviária, que resultou neste infeliz acontecimento.

Ainda no mês passado, no dia 29, um outro cidadão foi colhido pelo comboio, também nas imediações do Cazenga, supostamente por negligência.

O cidadão, que aparentava ter 30 anos de idade, perdeu a vida no local, após ter sido colhido pelo comboio no percurso entre a estação do Bungo e a do Musseque de Viana, na paragem da Frescangol, município do Cazenga.



Deixe o seu comentário!