Inicio » Destaque » Bebê encontrado vivo no contentor de lixo

Bebê encontrado vivo no contentor de lixo

bebe no lixo
  • Francisco Inacio
  • Publicado segunda-feira, 25 de maio de 2020

Um bebê recém-nascido foi encontrado no contentor de lixo, ontem (24/05), no bairro Kimbangu, sito no município do Kilamba Kiaxi, em Luanda.

Duas horas depois de encontrado, o bebé foi retirado do local pelos efetivos dos serviços de emergências (ENEMA), com auxílio de agentes da Polícia Nacional e da Proteção civil e Bombeiros.

Uma pessoa testemunhou o acontecimento, mas sem desconfiar do que iria ocorrer. “Vi a senhora quando se aproximava ao lado do contentor, mas não imaginei que levava consigo uma criança” disse a testemunha que preferiu falar sob anonimato, quando estava no local do crime a espera do táxi. “A senhora olhava de um lado para outro, mas não prestei atenção por saber que todas as pessoas que se aproximam de um contentor é para deitar lixo ou ir à procura de plásticos para comercializar”.

De acordo com essa testemunha, a suspeita olhava de um lado para o outro, dando a entender que queria urinar. Mas, minutos depois, a senhora desapareceu do local. “Foi quando se ouviu a voz de alguém que gritava em prantos. Todos acorreram para próximo do contentor para saber o que se passava. E para o espanto geral, havia uma criança recém-nascida que chorava”, lamentou.

Um agente da polícia que foi chamado para o local afirmou que actos dessa natureza são frequentes naquela zona do bairro do Kimbangu. Entretanto, lembrou os presentes que lamentavam pela pobre criança que esse tipo de comportamento constitui crime punível pela lei. “Isso é um crime grave, que pode levar a punição de um a dois anos de cadeia” disse o agente, chamando atenção do público feminino que se aglomerava ao redor da criança que chorava.

Mas adiante, o agente da polícia apelou à colaboração de todos que souberem do paradeiro da suposta mãe, ou de algum parente da criança, para contatar a esquadra mais próxima.

A criança, por sinal do sexo masculino, foi levado ao Hospital Geral  de Luanda onde se encontra a receber os cuidados médicos, enquanto a mãe encontra-se com o paradeiro incerto.

Texto: Vumi Vata



Deixe o seu comentário!