Inicio » Slides » Cidadão de 55 anos escapa da morte após ser atingido com 28 golpes de faca

Cidadão de 55 anos escapa da morte após ser atingido com 28 golpes de faca

  • Redacção Farol
  • Publicado terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Tudo aconteceu no interior de uma hospedaria onde o suposto general de 55 anos manteve encontro com a acusada, uma adolescente de 17 anos, no dia 11 do mês em curso.

Segundo os funcionários da hospedaria, o senhor deu entrada na hospedaria por volta das 9 horas da manhã com a adolescente, minutos depois foram surpreendidos com gritos de socorro e quando conseguiram entrar no quarto. O senhor de 55 anos estava totalmente ferido, com 28 facadas, golpes feitos supostamente pela namorada de 17 anos.

De acordo com as declarações feitas na Rádio Luanda, a acusada disse que o general das Forças Armadas a obrigava a manter relações sexuais sempre que ele desejasse, nunca recebeu nada em troca e a ameaçava com uma arma de fogo.

Acrescentou ainda que conhecia o mesmo por ser amigo do seu pai, e que a ameaçava a mais de dois anos, por isso não deu queixa. “Ele dizia que se eu não aceitasse manter relações sexuais mataria toda a minha família”.

A adolescente afirmou que levou a faca à hospedaria porque já estava cansada de ser abusada.

Segundo doutor do hospital do Capalanga, onde o general recebe os cuidados médicos, Luís Domingos, em entrevista àquele órgão, o estado de saúde do paciente é estável, já consegue conversar e não representa perigo.

O cidadão contou a sua versão à Rádio Luanda, disse que tinha uma amizade com a adolescente e que, no dia 31 de Dezembro, deu dinheiro a menina para fazer algumas compras. Disse ainda que foi à hospedaria a convite da adolescente.

A Polícia informa que a adolescente está detida.

 

Texto: Aurora Chifuanda



Deixe o seu comentário!