Inicio » Slides » Cidadã mata idoso de 87 anos por crença no feiticismo

Cidadã mata idoso de 87 anos por crença no feiticismo

morte por catanada
  • Redacção Farol
  • Publicado quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Por acreditar que o idoso, de 87 anos, é o culpado pelos males que acontecem na sua vida, uma cidadã está a ser acusada de ter tirado a vida do mesmo, com golpes de catana, na província de Malanje

A jovem de 30 anos foi detida ontem, pela Polícia Nacional de Angola em Malanje, sob a acusação do cometimento do crime de homicídio qualificado, com recurso a um objecto cortante (catana), em que foi vítima o ancião de 87 anos.

O facto ocorreu no bairro Carreira de Tiro, na residência da vítima, após a implicada, em companhia do seu irmão, acusarem o malogrado de ser o autor de todos os males que ocorrem no seio da família, por crença ao feiticismo.

A dupla partiu para a agressão contra o idoso, desferindo-lhe vários golpes que causaram ferimentos, não só na cabeça, mas também num dos membros superiores. O idoso, dada a gravidade das agressões, não resistiu e perdeu a vida no local.

Esse tipo de pratica é muito comum em Angola devido algumas culturas locais que praticam certos rituais que envolvem o mais idosos aos mais jovens.



Deixe o seu comentário!